PUBLICIDADE



Cadeirantes fazem corrida anual do Hospital Sarah até a Igreja do Senhor do Bonfim

Evento sempre marcado por promessas e agradecimento, a Lavagem do Senhor do Bonfim guarda sempre histórias de pessoas devotas ao santo. Um grupo de cadeirantes maratonistas faz do cortejo um "ponto de encontro" dos amigos, além, claro, de servir de pista para a primeira corrida do ano. Militar reformado, o atleta Antônio Jorge transforma a limitação da cadeira de rodas em força para superar qualquer obstáculo.

 "Eu sou atleta, jogador de basquete, corredor de rua, tenho 62 troféus, quatro sacos de medalhas, sou bicampeão brasileiro, vice-campeão paulista pela Unicamp, tenho mais troféu do que o Zico", exalta, enquanto segue em direção à colina sagrada com os amigos José Rocha e Luiz Augusto.
todos os anos, os três saem do Hospital Sarah, na Avenida Tancredo Neves, até a Igreja do Senhor do Bonfim, na Cidade Baixa. Jorge deixa claro que o tiro que atingiu sua medula e o deixou paraplégico há 31 anos, no Rio de Janeiro, nunca o impediu de seguir no esporte ou em qualquer outro campo da vida.


"Tenho duas filhas, criei elas na cadeira de rodas, formei, casei, a outra em São Paulo. Uma é arquiteta e a outra é economista. Pô, tem coisa melhor?", pergunta, de forma retórica. "Passei 10 dias de férias com elas lá em São Paulo, só curtindo, então eu sou muito feliz", declara o atleta.


Fonte: Bahia Noticia 
Cadeirantes fazem corrida anual do Hospital Sarah até a Igreja do Senhor do Bonfim Cadeirantes fazem corrida anual do Hospital Sarah até a Igreja do Senhor do Bonfim Reviewed by VR14 on 16:15 Rating: 5

Destaque

Muita tradição e fé na Semana Santa em Mairi