PUBLICIDADE

Poema Eu vi a seca se alastrar - Por Cristiano da Hora

Eu vi !!

Um dia eu vou poder contar
pra quem me der atenção
que eu vi a seca se alastrar
pelas bandas deste sertão!

Eu vi o gado morrendo
no sol escaldante do meio-dia,
vi os seus senhores sofrendo
em meio à tanta agonia.

Senti o ausente vento distante
e as folhas, outrora macias,
torradas naquele instante
em que o vento desaparecia.

Eu vi!
vi e senti na pele
um calor insuportável,
embora o tenha suportado.
Vi no semblante dos homens
a dor do castigo malvado.

E por uma triste ironia
que o destino nos pregou,
o  gado morrendo atolado
no tanque que já secou!

Espero também contar
com prazer e alegria
que depois de muito esperar
a chuva chegou um dia
pra toda a população
que mora nesse sertão
da minha grande Bahia.
Poema Eu vi a seca se alastrar - Por Cristiano da Hora Poema Eu vi a seca se alastrar - Por Cristiano da Hora Reviewed by VR14 on 13:26 Rating: 5

Destaque

Muita tradição e fé na Semana Santa em Mairi