PUBLICIDADE

COLUNA - Política e Poder Econômico, por Rildo Rios


Rildo Oliveira Rios, é natural de Pé de Serra, formado em pedagogia pela Faculdade Leonardo da Vinci e cursa o 4º semestre de Direito na Faculdades Maurício de Nassau, 45 anos, gosta do que é coerente e do que traz  harmonia e no trabalho para transformar o mundo.

Ele estará contribuindo a partir de hoje com o VR14 no espaço destinado a colunas, onde ele abordará diversas temáticas.

Veja o seu primeiro texto  “Política e Poder Econômico”

Segundo definição da Wikipédia, nos regimes democráticos, a ciência política é a atividade dos cidadãos que se ocupam dos assuntos públicos com seu voto ou com sua militância, e uma conceituação moderna, política é a ciência moral normativa do governo da sociedade civil.
Na concepção de convivência diária, percebe - se que a política atual está ligada diretamente com o poder econômico, quem tem dinheiro é pressuposto indispensável para se chegar a um cargo eletivo com sucesso, além do mais, em muitos casos os próprios eleitores condicionam o voto à uma vantagem pessoal e individual, é possível que essas características por parte de muitos eleitores contribuam para a construção de maus administradores, e leve a comunidade para quem sabe um caos administrativo sem perspectiva coletiva para o futuro da população.

Muitos políticos chegam ao poder simplesmente pela herança histórica de sua linhagem, ou quem sabe apoiados pela mesma, há indicações que a política é vista por muitos como um jogo, e para entrar em campo tem que "entrar no jogo", e jogar de acordo o interesse do dono do time.

Apesar de aparentemente vivermos em uma democracia, são notórios os aspectos da monarquia infiltrada na mesma. A exemplo de famílias inteiras estarem na política num ciclo contínuo, e que mudar isso se torna uma ameaça para os donos do poder, chegando a ser um campo minado para gente que não tem tradição na política, e como já se sabe, num campo minado os desprevenidos explodem junto com as bombas e serão esquecidos, e em muitos casos injustiçados pela elite monárquica que controla o poder no lugar.

Além do mais, há indicadores que a política atual é a arte de enfrentar os interesses individuais, e esses interesses servem para manter o domínio dos mais fortes sobre os mais fracos, e controlar através de favores a liberdade política de muita gente que infelizmente  é escravo desse sistema.

Se libertar talvez seja importante, mesmo que para isso sejamos passíveis de perseguições e sofrimentos, porém é importante cortar o cordão umbilical que des (unem) amigos e familiares, pois o causadores dessa "desunião" poderão está juntos em qualquer esquina para sustentar seus podres poderes. E quem é pequeno no mundo da velha e atual política, sempre passará apuros, sempre sofrerá em silêncio e pagará caro se não entrar no jogo.


Então, é melhor ficar fora desse jogo sujo e tentar simplesmente ser parte da arquibancada, sem manifestar sua opinião sob pena de julgamentos estúpidos de quem só quer lhe usar como degrau para chegar ao topo, e depois esquecer de tudo que foi feito, para que os grandes continuem sempre olhando a gente lá de cima, com desprezo e arrogância, pois o poder econômico compra até a liberdade de muitos que podiam mudar um pouco o modo de se fazer uma política mais eficiente e mais plural, nesse mundo cada vez mais singularizado pelos interesses dos donos do poder.
Rildo Rios

Este conteúdo é colaborativo e necessariamente não representa a opinião do VR14
COLUNA - Política e Poder Econômico, por Rildo Rios COLUNA - Política e Poder Econômico, por Rildo Rios Reviewed by VR14 on 06:56 Rating: 5

Destaque

Muita tradição e fé na Semana Santa em Mairi