PUBLICIDADE

Equipe do Adapta Sertão é capacitada para o manejos de solos tropicais


Equipe coordenadora do Adapta Sertão juntos os técnicos agrícolas, os quais atuam nos de municípios de Ipirá, Baixa Grande, Pintadas e Capela do Alto Alegre, receberam uma capacitação teórica sobre manejos de solos tropicais e metodologia de análise.

Essa capacitação é uma das diversas ações desenvolvidas pelo Projeto Adapta Sertão, visando qualificar os profissionais de sua equipe, para que possam ter maiores conhecimentos sobre os solos, da região para aplica-los juntos aos pequenos produtores rurais da Bacia do Jacuípe.

A capacitação foi ministrada pelo engenheiro agrônomo do Projeto, Marcelo Bastos. Com esta ação busca-se atingir altos índices produtivos e de resiliência climática, melhorando substancialmente a qualidade do manejo de solos tropicais interpretação de analise de solos.

Adapta Sertão

O Adapta Sertão é uma coalizão de organizações que atua no semiárido Brasileiro buscando viabilizar estratégias e tecnologias sociais para adaptação a mudança climática da agricultura familiar.    Tem como foco de atuação inicial o interior da Bahia, especificamente, o Território Identidade Bacia Jacuípe e municípios vizinhos. A meta é beneficiar diretamente um mínimo de 800 famílias até 2018.

O Adapta Sertão promove o cooperativismo como forma de desenvolvimento local e aposta no empreendedorismo para fazer frente aos desafios. Sua estratégia começa pela estruturação das propriedades rurais a partir do Modulo Agroecológico Inteligente e Sustentável (MAIS), que foi cuidadosamente desenhado a partir de experimentação e observação prática visando permitir às famílias agricultoras continuar a produzir alimentos também durante as secas anuais ou no caso de uma estiagem prolongada.

O acesso ao crédito, o beneficiamento e processamento adequado dos produtos, o estímulo a comercialização são as outras vertentes trabalhadas no modelo proposto.
O Adapta Sertão coloca também a disposição da agricultura familiar os recursos da pesquisa científica e a articulação de políticas públicas de modo a aprimorar a alocação de recursos técnicos, financeiros e humanos.

Depois de muita pesquisa, experimentação de campo e visitas técnicas nas unidades demonstrativas de agricultores baianos com vários níveis de desenvolvimento e inovação, o Adapta Sertão desenvolveu o MAIS. O MAIS surge de uma reflexão profunda para incluir o novo cenário climático no planejamento da produção agrícola e pecuária da região semiárida. De fato, cada bioma brasileiro está sendo afetado por uma mudança, seja falta ou excesso de chuva, que precisa de tecnologias e estratégias inovadoras de adaptação. O MAIS nesta perspectiva é um sistema pioneiro, pois olha à mudança do clima como oportunidade para fortalecer o cooperativismo, a pecuária e a agricultura regional.

Abaixo fotos: 






Equipe do Adapta Sertão é capacitada para o manejos de solos tropicais Equipe do Adapta Sertão é capacitada para o manejos de solos tropicais  Reviewed by VR14 on 22:48 Rating: 5

Destaque

Muita tradição e fé na Semana Santa em Mairi