PUBLICIDADE

Prefeitura de Ipirá desloca biblioteca e gera críticas na população


Pelo menos até o fim do ano, a biblioteca da cidade de Ipirá, será deslocada para outro local do município. O equipamento cultural será transferido para um espaço menor na Praça da Bandeira (Roberto Cintra), onde funcionava antes de ser transferido para o Centro Cultura Elofilo Marques.

O fato motivou críticas de moradores, que acusaram o administrador de desfazer ações positivas de adversários. De acordo com o prefeito Marcelo Brandão (DEM), a ideia é transferir a biblioteca pública Eugênio Gomes para um local maior em outra praça da cidade, a São José.

A previsão é que o projeto seja apresentado em 15 dias, com as obras iniciadas um mês depois.
“A prefeitura quer uma coisa melhor, e a biblioteca estava praticamente fechada, com livros velhos e obsoletos”, argumentou o prefeito.

Em relação às críticas de uso impróprio do centro cultural que passou a dividir as dependências com uma secretaria, o prefeito afirmou que o objetivo é parar uma suposta “farra de aluguéis” feita pela administração passada. Conforme Brandão, as atividades culturais prosseguem mesmo com a instalação há poucos dias da pasta de assistência social no mesmo espaço. “Continua funcionando normalmente”, disse.

Ainda pelos planos do gestor, o prédio do centro cultural deve ser ocupado pela pasta da assistência paulatinamente. Um projeto, que deve ser apresentado em 2018, visa transferir o Elofilo Marques para uma espécie de centro de convenções da cidade às margens da BA-052, ao lado da prefeitura. Segundo o gestor, o lugar será espaço para manifestações culturais assim como eventos oficiais, como formaturas.


Fonte: Bahia Notícias
Prefeitura de Ipirá desloca biblioteca e gera críticas na população Prefeitura de Ipirá desloca biblioteca e gera críticas na população Reviewed by VR14 on 16:08 Rating: 5

Destaque

Muita tradição e fé na Semana Santa em Mairi