PUBLICIDADE

Primeira Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Pintadas é marcada por ato solene



Na quarta-feira, 7 de março, foi realizada a primeira Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores do Município de Pintadas. A atividade foi realizada em ato solene, com um ar de festividade pelo o Dia Internacional das Mulheres, onde a noite foi conduzida com os discursos dos vereadores, vereadoras, do prefeito e do vice-prefeito do município.

Na ocasião os vereadores falaram sobre suas expectativas para os respectivos mandatos e as ações já feitas, logo que  já tinham iniciado os trabalhos antes, com 3 sessões extraordinárias, mas esta, abril oficialmente os trabalhos do legislativo pintadense. 
O ato contou com a participação de dezenas  de populares, lideranças políticas, do prefeito Batista e do vice e secretário de educação Carlos.


O presidente da Câmara Ged de Edgar avaliou a primeira sessão ordinária como bastante positiva.                  
                                 
“A gente tem grande satisfação e honra em dar continuidade aos trabalhos, logo que realizamos 3 Sessões Extraordinários em meio ao recesso, e essa sessão foi bastante positiva, logo que tivemos muita cordialidade entre as duas bancadas, sem ações que pudessem contestar a harmonia e coerência entre as partes, por todos entender que esse foi um momento festivo. E aproveitamos também para apresentar algumas ações que já fizemos nesses primeiros meses de mandato de presidente; como ar-condicionado, reforma, pintura, letreiro de identificação da Casa e a construção de uma sala de reunião para as bancadas. E estamos aí para  dar o melhor para o povo de Pintadas que merece o melhor. E convidamos  toda população para as noites de terça, vir participar das nossas sessões.” Disse Ged. 

Já o prefeito Batista, usou a tribuna para apresentar um balanço dos primeiros 68 dias de sua gestão e as ações que pretende desenvolver.


                                      

“Já iniciamos os trabalhos buscando algumas melhorias para Pintadas, por exemplo, já reformamos e estalamos novas redes de saneamento básico no município e agora iniciamos o calçamento da rua que fica próxima ao Colégio Normal de Pintadas e já fizemos um projeto de calçamento das ruas Populares, que se localiza próximo ao estádio Irineu Pereira Batista, que já foi aprovado e que irá fazer a revitalização. Os trabalhos das casas em frente ao Cemitério Jardim da Saudade, já voltaram a ser construídas e ainda iremos reformar e cobrir todas as quadras poliesportivas do município, como por  exemplo a quadra do povoado de José  Amâncio’’. Afirmou  o prefeito. 


Apesar de  ser um ato solene, um dos assuntos mais comentados no município nos últimos dias, a Moção de Repúdio, feita pelos professores contra a gestão municipal também foipautada nos discursos. 

Em entrevista ao VR14 o secretário de educação, Carlos Alberto, parabenizou o presidente da câmara sobre o início dos seus trabalhos e pelas suas primeiras ações já realizadas e utilizou a oportunidade para comentar sobre o moção.           
                                  
“Eu vejo a moção como um direito do servidor público, tem o direito de protestar, tem o direito em dizer que não está bom ou até que não estar gostando, e o administrador seja ele na esfera federal, estadual ou municipal ele tem a obrigação de resolver os problemas e insatisfações dos servidores, mas a moção apresentada pela classe dos professores foi inoportuna, porque os pontos pautados, são pontos que vem se arrastado a anos. Os professores em 2016 foram caloteados 4 meses de piso salarial, o governo que estava no poder não fez a correção da progressão horizontal dos professores que se iniciou em julho e iria até dezembro, e agora com apenas 60 dias de governo fazem uma moção, achei inoportuno pois se tivesse esgotado as negociações ou o prefeito se recusasse a pagar, caberia sim, é dever do trabalhador protestar e ir atrás dos seus direitos”. Disse Carlos.

Já o vereador Gerônimo, líder da bancada da oposição discorda do secretário e segundo ele os professores estão buscando apenas seus direitos.                                       

“A moção deve ser considerada como um documento valioso, porque os professores estão buscando direitos sobre a classe trabalhistas, eu não apoio a fala do secretário de educação Carlos, quando ele fala que o ato sobre a moção foi inoportuno, pois vários professores não receberam e não compreenderam quando iram receber o seu 1/3 de férias, e não importa se o Partido dos Trabalhadores (PT) deixou de pagar, pois o governo que leva como tema “Novo Tempo” terá que cumprir com todos os deveres e direitos que está previsto para os professores.” Afirmou Gerônimo.

Em meio a toda essa discussão a vereadora e líder da situação Orleide , disse que a Câmara é um espaço para esse tipo de debate.      
                      
“Era para ser uma sessão com tom mais festivo, mas tivemos um tom mais polêmico, mas tudo dentro da normalidade e com respeito aos colegas, foi necessário os esclarecimentos e vamos agora construir a parceria do legislativo com executivo, pois é Pintadas que ganha com isso ”. Ressaltou a vereadora.
                              
Na cerimônia também estiveram os vereadores Edivan ,  Rogério, Tadeu Pacheco e Taunai todos de Mairi, o presidente da câmera de Capela de Alto Alegre o vereador Marcelo, junto com os juristas do município Camila e Emilson.  
























































Primeira Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Pintadas é marcada por ato solene Primeira Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Pintadas é marcada por ato solene Reviewed by VR14 on 15:00 Rating: 5

Destaque

Muita tradição e fé na Semana Santa em Mairi