PUBLICIDADE

Morre em Quixabeira, aos 113 anos aposentado que poderia ser o homem mais velho do Brasil


 No domingo (21), faleceu o aposentado Francisco Lomes do Nascimento, popularmente conhecido  como "Chico Ludugero", uns dos homens mais velho do Brasil, com exatos 113 anos de vida. 


Nascido no dia 16 de Janeiro de 1904, no município de Miguel Calmon, porém residente da cidade de Quixabeira, há mais de 50 anos, seu Chico foi um dos destaque da matéria da Rede Record, quando a cidade de Quixabeira foi reconhecida pelo programa Domingo Espetacular, como a cidade dos centenários na matéria exibida em fevereiro de 2015.
 
Seu Chico faleceu em sua residência por volta das 11hs da manhã, logo após o almoço. Segundo a esposa, D. Francisca, ele percebeu que não estava passando bem e disse que ia se deitar.

Relata a companheira que antes de chegar ao quarto ele sentiu fortes dores e resolveu sentar no sofá. Nesse instante ele falou sobre a forte dor ao tempo que caiu sentado no chão, vindo a falecer instantaneamente.

Homem de origem simples, ele falava que teve mais de 40 mulheres, 18 filhos, os quais criou todos exercendo a profissão de lavrador.

Quando perguntava sobre sua descendência, ele falava que tinha perdido a conta do número de netos, bisneto e tataranetos.



O corpo de Seu Chico está sendo velado em sua residência e será sepultado no cemitério Clementina Fortunata em Quixabeira.

Fonte:Blog do Ril de Beto
Morre em Quixabeira, aos 113 anos aposentado que poderia ser o homem mais velho do Brasil Morre em Quixabeira, aos 113 anos aposentado que poderia ser o homem mais velho do Brasil Reviewed by VR14 on 10:46 Rating: 5

Destaque

Muita tradição e fé na Semana Santa em Mairi