PUBLICIDADE

Fatimense com doença rara e sem cura pede apoio para tratamento


Milton tem 36 anos, é natural do município de Nova Fátima e sofre desde os 13 de uma doença chamada Distrofia Muscular por deficiência de Disferlina do tipo cintura (ERB), uma patologia rara a qual causa fraqueza predominantemente na cintura pélvica (quadris e coxas) e escapular (ombros e braços) e até o momento não foi descoberta uma cura.

Ele contou para o VR14 que começou a sentir os sintomas na adolescência quando tinha pouca força para jogar futebol, o problema começou na perna esquerda, depois na direita e já atingiu os braços e há 8 anos ele precisa de uma cadeira de rodas para se locomover.

Ele mora há 20 anos no Rio de Janeiro e parte de sua família ainda reside no povoado de São Joaquim, município de Nova Fátima, como sua mãe Beatriz e seus 3 irmãos José Jaime, Janete e Jacione.

O caso de Milton já foi visto por vários médicos, no Rio de Janeiro, em São Paulo e  em Salvador, mas ele relata que por ser um problema raro as autoridades não dão importância em investir na busca de uma cura e os médicos não se empenham no tratamento.  

Milton gravou alguns vídeos com famosos com o objetivo de encontrar um laboratório, um grande hospital ou um centro de pesquisas que abrace essa causa.

“Estou à disposição até mesmo de servir como cobaia venho tentando também chegar em uma grande emissora de TV que queira fazer uma pauta abordando esse assunto, pois vejo programas como o do Geraldo Luiz e o do Luciano Huck e vejo eles ajudando casos parecidos como o meu e sonho em ter essa oportunidade também”, afirmou Milton.

Veja alguns vídeos de artistas pedindo que as pessoas ajudem Milton.

A dupla Simone e Simaria



Ator Marcelo Novaes 





Da redação do VR14
Dell Brandão e Jorge Henrique
Fatimense com doença rara e sem cura pede apoio para tratamento Fatimense com doença rara e sem cura pede apoio para tratamento Reviewed by VR14 on 08:53 Rating: 5

Destaque

Muita tradição e fé na Semana Santa em Mairi