Após perder o filho vítima de leucemia e não podendo mais engravidar, mulher se realiza fazendo crianças felizes com o seu projeto Davi Oliveira; Conheça


Após 10 anos de tratamento para ter um bebê, essa história de amor começou entre mãe e filho. Entre eles e uma comunidade. Num dia ensolarado, Deus agraciou Lidiane com o melhor de todos os presentes. Nascia em 04 de janeiro de 2006 o menino: Davi Oliveira - Uma criança cheia de alegria que contagiava a todos que o conheciam. Uma vida iluminada que deu origem a um caminho de solidariedade.


No dia 12 de outubro do corrente ano, a mãe de Davi sem condições financeiras para presentear o filho e seus amigos, os reuniu em sua residência num dia repleto de brincadeiras e lanches, repetindo essa tradição por 02 anos. Até que, Davi completou a idade de 02 anos e 06 meses e uma triste notícia abalou a todos.

A saúde do pequeno estava comprometida por uma patologia grave. Durante os meses de luta contra a doença que o acometia, esta linda criança não se deixava abater e sempre estava sorrindo e chamando todos para brincar e celebrar a vida. Ele se despediu desse mundo e o seu falecimento deixou um imenso vazio nos corações.

A falta daquela felicidade espontânea, do olhar brilhante fez com que a mãe do mesmo passasse por muitas dificuldades e abalos em sua saúde, neste momento, estava abalada numa profunda depressão que ofuscou seus sentimentos. Eram também os efeitos de uma perda precoce e inexplicável.

Os dias se passaram, noites insones, e relembrando dos gestos de seu único filho tão novo, que tinha uma alma tão nobre e solidária... Lembrou: “Ele não gostava de ver ninguém quieto e triste, ria de quase tudo e sempre esperava pelo dia em que reuniria seus amiguinhos para ser feliz”. E no lamento por sua perda veio um sopro de vida que se iniciava nesse mundo tão carente daquele ser encantador.

Surgia um consolo e um alívio ao coração, Lidiane resolveu dar prosseguimento ao Projeto Davi Oliveira. Com a missão de que seu filho permanecesse vivo não só nas lembranças, mas na essência: Uma vida em favor de muitas outras que precisavam de alegria. Ao decorrer dos anos, a mãe de Davi e uma equipe de voluntários desenvolvem trabalhos sociais a várias entidades. Mesmo com poucas condições, levam uma mensagem de entusiasmo, força e superação a muitos lugares. O evento principal se realiza no dia 12 de outubro, no qual, de forma gratuita oferecem um dia de laser e entretenimento, lanches, jogos recreativos, apresentações culturais, palhaços, brinquedos, brindes, presentes e sorrisos, muitos sorrisos.


Este Projeto completará 12 anos em 2018. Pois, em 2006 Davi já o inspirava e para ele é esta homenagem. Apesar de não estar presente fisicamente, há 12 anos ele tem vivido através de ações de caridade. O ultimo evento em 2017 contou com a presença de 1.200 crianças, onde Lidiane e os colaboradores que apoiaram esta causa conseguiram fazer o bem a muitas famílias. O Projeto Davi Oliveira não é só um dia simbólico anual e que faz diferença agindo para crianças sem preconceito de classes sociais ou quais quer outros.


Todos os atos de doação a este Projeto revelam o porquê Davi é uma estrela eterna. Ele veio e em pouco tempo ensinou uma grande lição: Não importa o quão difícil são os problemas, é preciso fazer o bem, é preciso ser luz. Sorria e faça sorrir. Pois, um momento de felicidade é registrado por toda a eternidade. A mãe de Davi agradece a todos que sempre ajudam a proporcionar sorrisos e esperança para todos os pequeninos e pequeninas que desde cedo lutam pelo direito de ser criança.






Redação do AL Notícias - Informações e Fotos Lidiane
Após perder o filho vítima de leucemia e não podendo mais engravidar, mulher se realiza fazendo crianças felizes com o seu projeto Davi Oliveira; Conheça Após perder o filho vítima de leucemia e não podendo mais engravidar, mulher se realiza fazendo crianças felizes com o seu projeto Davi Oliveira; Conheça Reviewed by VR14 on 10:32 Rating: 5

Destaque

Muita tradição e fé na Semana Santa em Mairi