PUBLICIDADE

Crise no PMDB Deixa Neto Em 'Sinuca De Bico' para 2018, Diz Robinson Almeida

O deputado federal Robinson Almeida (PT) considera 'deplorável' o episódio envolvendo a descoberta de R$ 51 milhões ligados ao ex-ministro Geddel Vieira Lima, preso na última sexta-feira (8). Para o petista, o fato atinge o PMDB baiano e o prefeito de Salvador, ACM Neto.
 
"Esfacela o PMDB da Bahia e isso atinge também ACM Neto, porque o seu assessor, o Gustavo (diretor da Defesa Civil), foi preso, e o PMDB é o principal aliado. É vice em Salvador, em Feira de Santana, em Camaçari e ACM Neto entra em uma sinuca de bico, porque se for para a aventura eleitoral em 2018 vai deixar o PMDB de Geddel governando Salvador", prevê.
Sobre o nome do deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), irmão de Geddel, ser citado como intermediador do apartamento em que o montante foi encontrado, Robinson Almeida revela cautela.

"O caso de Lúcio precisa ver se a PF reuniu elementos suficientes para pedir ao STF a autorização de investigá-lo. Não foi divulgado se havia impressões digitais dele nas notas. Vamos aguardar o que a PF tem para apresentar de participação dele neste episódio", pondera.
Fonte: Bocão News
Crise no PMDB Deixa Neto Em 'Sinuca De Bico' para 2018, Diz Robinson Almeida Crise no PMDB Deixa Neto Em 'Sinuca De Bico' para 2018, Diz Robinson Almeida Reviewed by VR14 on 11:35 Rating: 5

Destaque

Muita tradição e fé na Semana Santa em Mairi