PUBLICIDADE

Iniciada em Itaberaba serie de fóruns dos 12 anos do Adapta Sertão

No domingo, 29 de outubro, foi iniciada na cidade de Itaberaba, a rodada de fóruns do Projeto Adapta Sertão, que tem como objetivo apresentar as suas ações ao longo dos seus 12 anos de existência e realizar escutas sobre as transformações nas vidas das pessoas e das instituições parceiras com as quais a iniciativa vem atuando.
  
O fórum do Adapta Sertão em Itaberaba contou com a participação de agricultoras e agricultores, além de gestores da Cooperativa COOPAITA, onde foram discutidos assuntos voltados para o desenvolvimento da agricultura familiar através da inserção de conhecimento e novas tecnologias no campo.



 Outro tema abordado foi o cooperativismo um dos princípios do Adapta Sertão, o qual ao longo dos seus 12 anos  buscou desenvolver laços com as cooperativas  através de apoio em formações, gestão, comercialização e inserção  de equipamentos.

Até dezembro deste ano serão realizados mais 3 fóruns em municípios da Bacia do Jacuípe e de acordo com Valdirene Santos, coordenadora do Projeto a ideia é também fortalecer a inter-cooperação.


“Durante esses 12 anos estamos com o objetivo de fazer laços com as cooperativas para que a produção seja aumentada cada vez mais, com a avaliação dos cooperados que fazem parte desses contexto, eles  falam também a importância de fortalecer a agricultura familiar de cada município, a inter-relação vai agregar produtos de uma cooperativa a outra, por exemplo se uma não produz polpa de fruta então os agricultores que são das cooperativas, podem produzir frutas e contribuir para fornecer a que não possui. Estamos dando encaminhamento a algumas ações como de projetos de formação de lideranças e iremos fazer um treinamento de melhoria da produção’’, disse Valdirene.

Segundo Aderval presidente da COOPAITA, as parcerias entre as cooperativas são essenciais para o desenvolvimento mutuo.


“Cooperativa sempre é importante na nossa região é uma organização que contribui para os produtores deste local, então aqui em Itaberaba vem somando mais na produção de abacaxi. Já desenvolvemos parcerias com a Ser do Sertão da cidade de Pintadas e a cada dia pretendemos aumentar as parcerias com outras cooperativas’’, afirmou Aderval.

Já o agricultor Josaniel que também é coordenador do Conselho Fiscal da COOPAITA, disse que o fórum vem para discutir o fortalecimento da agricultura familiar através do cooperativismo. 

“Este evento é de grande importância porque se trata de um princípio do cooperativismo que estão unidos para fortalecer a questão da agricultura familiar, estamos fazendo diversidades de produtos que você pode produzir e sair da monocultura, que aqui em nosso município o que mais prejudica é a questão da monocultura que é o abacaxi, por exemplo, se tiver um ano em que o abacaxi tenha uma queda significativa isso vai afetar toda a renda daquele ano, mas se tiver outra atividade como o leite, caprino, galinha caipira ou outras frutas isso irá nos dar outra perspectiva de trazer mais oportunidade e renda para nossa família. ’’ Afirmou Josaniel.

Sobre o Adapta Sertão

O Adapta Sertão é uma coalizão de organizações que atua no semiárido Brasileiro buscando viabilizar estratégias e tecnologias sociais para adaptação a mudança climática da agricultura familiar. Tem como foco de atuação inicial o interior da Bahia, especificamente, o Território Identidade Bacia do Jacuípe e municípios vizinhos.

O Adapta Sertão promove o cooperativismo como forma de desenvolvimento local e aposta no empreendedorismo para fazer frente aos desafios. Sua estratégia começa pela estruturação das propriedades rurais a partir do Modulo Agroecológico Inteligente e Sustentável (MAIS), que foi cuidadosamente desenhado a partir de experimentação e observação prática visando permitir às famílias agricultoras continuar a produzir alimentos também durante as secas anuais ou no caso de uma estiagem prolongada.

O acesso ao crédito, o beneficiamento e processamento adequado dos produtos, o estímulo a comercialização são as outras vertentes trabalhadas no modelo proposto.
O Adapta Sertão coloca também a disposição da agricultura familiar os recursos da pesquisa científica e a articulação de políticas públicas de modo a aprimorar a alocação de recursos técnicos, financeiros e humanos.



Depois de muita pesquisa, experimentação de campo e visitas técnicas nas unidades demonstrativas de agricultores baianos com vários níveis de desenvolvimento e inovação, o Adapta Sertão desenvolveu o MAIS. O MAIS surge de uma reflexão profunda para incluir o novo cenário climático no planejamento da produção agrícola e pecuária da região semiárida. De fato, cada bioma brasileiro está sendo afetado por uma mudança, seja falta ou excesso de chuva, que precisa de tecnologias e estratégias inovadoras de adaptação. O MAIS nesta perspectiva é um sistema pioneiro, pois olha à mudança do clima como oportunidade para fortalecer o cooperativismo, a pecuária e a agricultura regional.

Veja as fotos:








































Da redação do VR14
Maike Gonçalves
Iniciada em Itaberaba serie de fóruns dos 12 anos do Adapta Sertão Iniciada em Itaberaba serie de fóruns dos 12 anos do Adapta Sertão Reviewed by VR14 on 19:23 Rating: 5

Destaque

Muita tradição e fé na Semana Santa em Mairi