PUBLICIDADE

Artesãos de Ipirá ofereceram bolo em protesto de 1 ano do incêndio que destruiu o Mercado de Artes



Como haviam prometido, os artesãos e comerciantes do Mercado de Artes, realizaram na manhã desta quarta-feira (22), um aniversário simbólico em frente ao Mercado de artes, na Praça José Leão dos Santos. Além de salgados, foi oferecido um bolo para as pessoas que estiveram no local, em protesto simbolizando um ano do incêndio que destruiu o Mercado.

Na manhã do mesmo dia, artesãos e comerciantes do Mercado de Artes, já haviam protestado na Câmara Municipal, para mais uma vez tentar sensibilizar os vereadores a respeito da situação em que eles se encontram.

O Mercado pegou fogo em 22 de novembro de 2016 e eles cobram do poder público uma providência para amenizar a dor da perda e do desemprego das quase 40 famílias que comercializavam ali seus produtos, e perderam praticamente tudo com o incêndio.


A prefeitura divulgou uma nota afirmando que está buscando recursos para iniciar a obra do Mercado de Artes. Veja

Nesta quarta-feira (22) faz um ano que o fogo atingiu o Mercado de Artes de Ipirá, patrimônio histórico e cultural da nossa cidade. Acontecimento que consternou toda a população!

Como todos sabem, uma falha na parte elétrica, ocasionada pela falta de manutenção do Mercado, foi apontada como causa principal no laudo da perícia técnica.

Um projeto para reerguer o Mercado de Artes e colocá-lo em funcionamento, já foi devidamente formatado e aprovado, mas, o início das obras ainda não se deu, em razão da grande crise financeira pela qual o país atravessa e que atinge sensivelmente o município de Ipirá.

A administração municipal tentou de forma sensata, buscar um local temporário para que os comerciantes pudessem continuar desempenhando suas atividades, sem mais prejuízos aos mesmos. Depois de um estudo logístico, foi constatado que o único local que atenderia as necessidades infra-estruturais, seria o Clube Caboronga, mas não se sabe ao certo porque, mesmo diante da tentativa de negociação feita pela prefeitura, o espaço foi negado pelos sócios-proprietários.

Posteriormente, no  momento festivo de São João, a prefeitura locou o espaço da Soft Fest, na Pça Roberto Cintra, para que os comerciantes pudessem trabalhar nesse período e assim amenizar a situação de dificuldade pela qual todos passavam.

Fato é que, a prefeitura nunca esteve de braços cruzados ao longo desse tempo. E busca sem cessar junto ao Governo Federal as condições necessárias para iniciar as obras de requalificação do Mercado de Artes. Tão logo consiga, Ipirá irá se orgulhar da obra que está por vir.

ASCOM Prefeitura Municipal de Ipirá.
Fonte: Ipirá Notícias

Artesãos de Ipirá ofereceram bolo em protesto de 1 ano do incêndio que destruiu o Mercado de Artes Artesãos de Ipirá ofereceram bolo em protesto de 1 ano do incêndio que destruiu o Mercado de Artes Reviewed by VR14 on 19:31 Rating: 5

Destaque

Muita tradição e fé na Semana Santa em Mairi