Organizadora de grupo mulheres contra Bolsonaro é agredida no Rio


Uma das administradoras do "Mulheres Unidas contra o Bolsonaro", Maria Tuca Santiago foi agredida na noite da segunda-feira 24 no Rio de Janeiro, segundo informou o PSOL, partido ao qual ela é filiada, e o próprio grupo no Facebook.
Em nota, o PSOL afirmou que Maria Tuca foi agredida por três homens num táxi armados com revólver. Segundo interlocutores do partido no Rio, ela teve seu celular roubado e foi agredida com soco e coronhada. O partido afirma que ela foi atendida no Hospital Municipal Evandro Freire, na Ilha do Governador. Ainda não há informações sobre a motivação dos agressores.
Fonte: Fórum
Organizadora de grupo mulheres contra Bolsonaro é agredida no Rio Organizadora de grupo mulheres contra Bolsonaro é agredida no Rio Reviewed by VR14 on 15:14 Rating: 5

Destaque

Muita tradição e fé na Semana Santa em Mairi