Comerciante fica ferido após entrar em luta corporal com assaltantes na zona rural ; concunhado dele leva tiro de raspão



O comerciante Valmir dos Reis Nunes, de 34 anos, e o concunhado dele, José Adilson do Nascimento, 42, ficaram feridos durante um assalto na noite desta sexta-feira (15) no povoado Lagoa Escura, zona rural de Santaluz, região sisaleira da Bahia.

De acordo com a PM, os criminosos levaram cerca de R$ 800 das vítimas. O roubo ocorreu próximo ao local onde um agricultor foi agredido e assaltado há 10 dias.

Segundo o Notícias de Santaluz apurou, Valmir, que é proprietário de um mercadinho no povoado de Miranda, tinha acabado de fechar o estabelecimento e estava chegando na casa do sogro quando foi surpreendido por dois indivíduos encapuzados que estavam assaltando seus familiares.

“Ele disse que fechou o mercado e antes de ir para a casa do sogro, onde ele mora, passou rapidamente na casa do pai. Em seguida, quando estava chegando de carro na casa do sogro ele foi abordado, entrou em luta corporal com os indivíduos e correu para uma área de matagal. Valmir disse que bandidos chegaram no local dizendo que queriam dinheiro, e que sabiam que naquela casa mora um dono de mercado e um aposentado”, contou uma fonte ouvida pelo Notícias de Santaluz.

De acordo com a Polícia Militar, as vítimas disseram que pelo menos um dos ladrões estava armado, com um revólver calibre 38. O bandido chegou a atirar, atingindo José Adilson de raspão no calcanhar. Já Valmir foi agredido com coronhadas na cabeça e sofreu cortes na altura da testa.

A PM foi acionada e fez rondas pela região, mas ninguém foi preso até a publicação desta reportagem. Apesar dos ferimentos, as vítimas não buscaram atendimento médico.

Fonte Notícias de Santaluz


Comerciante fica ferido após entrar em luta corporal com assaltantes na zona rural ; concunhado dele leva tiro de raspão Comerciante fica ferido após entrar em luta corporal com assaltantes na zona rural ; concunhado dele leva tiro de raspão Reviewed by VR14 on 12:57 Rating: 5

Destaque

Muita tradição e fé na Semana Santa em Mairi