Por medo de Covid-19, coveiro e moradores se negam a enterrar idosa


Dois agentes funerários fizeram o enterro de uma idosa de 81 anos vítima da Covid-19, na última sexta-feira (5), em um cemitério localizado no distrito de Rosário, que pertence ao município de Canudos, no norte da Bahia. 

A mulher morreu em Salvador e teve o corpo levado para onde morava no interior do estado. Contudo, ao chegar ao local, os agentes não encontraram pessoas que estivessem dispostas a realizar o sepultamento e decidiram realizar o enterro.


Proprietário da funerária Pax Monte Sinai, José Silva foi um dos agentes funerários responsáveis pelo enterro da idosa. Ele explica que a mulher morreu na sexta-feira e que a filha dela ficou em Salvador, já que também foi diagnosticada com Covid-19 e não pôde acompanhar o retorno do corpo para Rosário.


José Silva lembra que falou com um representante do distrito que disse que a comunidade não queria se envolver no sepultamento por medo de contaminação. “Situação muito inusitada. Tem 15 anos que eu trabalho como agente funerário. Depois de rodar 800 quilômetros, pegar corpo no Hospital Roberto Santos e não encontrar ninguém, nem para mostrar onde era o cemitério. Quando a gente chegou no cemitério, com bastante dificuldade pela estrada, apenas eu e meu companheiro de trabalho Ricardo”.

Por medo de Covid-19, coveiro e moradores se negam a enterrar idosa Por medo de Covid-19, coveiro e moradores se negam a enterrar idosa Reviewed by VR14 on 07:07 Rating: 5

Destaque

Muita tradição e fé na Semana Santa em Mairi