PUBLICIDADE

Prefeito de Ipirá diz que o tempo do delegado e vereador Caryl acabou no município



Aconteceu na manhã desta terça-feira (23), mais uma sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Ipirá, que contou com a presença do prefeito Marcelo Brandão (DEM) e do vice José Ricardo, secretários municipais e assessores. Na oportunidade, o prefeito fez uso da tribuna para prestar contas dos seus quase cinco meses de mandato à frente da prefeitura municipal.

O prefeito Marcelo, pontuou sua fala na prestação de contas da micareta, recuperação da frota mecanizada, em buscar soluções para a Casa dos Estudantes em Salvador e para o transporte dos universitários para Feira de Santana, da reforma das praças São José e José Leão dos Santos, onde ele garantiu que o Mercado de Artes não será demolido e sim restaurado dentro dos padrões da nova praça.

Micareta

Sobre os recursos oriundos da micareta que segundo o prefeito, custou pouco mais de 600.000 mil reais, sendo aproximadamente 500,000 quinhentos mil, foram arrecadados de dividas com as operadoras de telefonia móvel de celular que deviam ao município e que nunca foram cobradas pelas gestões passadas. Portanto, quase toda despesa gerada pela micareta de Ipirá, foi paga com estes recursos que estavam à disposição do município e que nunca foram cobrados.

O prefeito ouviu e respondeu à todos os questionamentos dos vereadores, tanto de situação, como de oposição. Foram elogios e cobranças no intuito de que a administração consiga êxito em suas ações que venham trazer o progresso tão desejado por todo povo de Ipirá.

Na oportunidade o prefeito falou sobre a realização das festas juninas tradicionais no interior do município, bem como do Arraiá do Camisão que será realizado na praça Roberto Cintra, no centro da cidade, em razão do Mercado de Artes não oferecer segurança estrutural para a realização da festa na praça José Leão dos Santos. No entanto, o prefeito não anunciou nenhuma das atrações que farão parte da festa.

Polêmica

Quase no final da sua fala, os ânimos se exaltaram quando o prefeito Marcelo Brandão, foi aparteado pelo vereador Caryl Oliveira (SD) que fez o seguinte questionamento: “Senhor prefeito, porque o senhor em mensagem via WhatsApp disse que o meu tempo acabou em Ipirá? ”.

O prefeito respondeu ao vereador que também é delegado do município, o seguinte: “Na micareta fui até a delegacia, na condição de advogado, acompanhar um flagrante e o senhor agiu de forma irregular. O senhor não serve mais como delegado em Ipirá. O senhor já atua como delegado a quase vinte anos, se elegeu com pouco mais de 600 votos. Bateu na trave. Na próxima eleição, o povo de Ipirá não vai mais cometer esse erro. Isso eu vou dizer na Secretaria de Segurança Pública. O senhor deveria fazer um favor a Ipirá, deixando de ser delegado nessa terra. Disse e repito”.

O vereador e delegado Caryl Oliveira, respondeu ao prefeito Marcelo o seguinte: “ O senhor tem noção de que o senhor como prefeito, não pode ser advogado? O senhor acaba de confessar um crime”. Disse o vereador

Após o aparte do vereador ao prefeito, os ânimos se exaltaram no campo da discussão, o que culminou com a intervenção do presidente da casa vereador Divanilson Mascarenhas (PMDB). Em seguida o prefeito se despediu do público e dos vereadores e o presidente deu por encerrada a sessão.

O áudio dessa discussão caiu nas redes sociais e viralizou, gerando o tema mais discutido entre as pessoas, na tarde e noite desta terça-feira (23) não só em Ipirá, como em outros municípios.


Fonte: Caboronga Notícias
Prefeito de Ipirá diz que o tempo do delegado e vereador Caryl acabou no município Prefeito de Ipirá diz que o tempo do delegado e vereador Caryl acabou no município Reviewed by Jorge Henrique on 20:54 Rating: 5

Destaque

Muita tradição e fé na Semana Santa em Mairi